O decanter nada mais é do que um recipiente de vidro ou cristal que possui uma base larga (que favorece o contato com o ar) e uma boca estreita, porém o mercado também apresenta outros formatos que fogem do modelo tradicional.

Uma das características essenciais é a necessidade de que ele não seja muito pesado e tenha uma pegada confortável para a mão, visto que terá que servir o vinho. 

Suas funções basicamente são: separar os sedimentos, depósitos e borras do vinho, ou seja, as misturas consideradas como heterogêneas. 

Além disso, ele auxilia na oxidação mais rápida do vinho, processo que é capaz de liberar os aromas presentes no líquido, suavizando taninos e evidenciando aromas.  

Por que usar o decanter em diferentes tipos de vinho?

Antes de mais nada é preciso entender os motivos pelos quais os apreciadores de vinho utilizam e como funciona um decanter. E é sobre isso que falaremos a seguir, quando usar um decanter?

Decantação em vinhos novos

Muito se engana quem acredita que o decanter deve ser utilizado somente em vinhos antigos, pois os vinhos mais jovens também podem se beneficiar muito desse utensílio, mesmo que eles não possuam sedimentos.

Como o próprio nome já diz, o papel fundamental do decanter é decantar, porém, nesse caso, terá como objetivo a oxigenação do vinho, que deverá ser depositado no decanter de uma única vez, com o líquido escorrendo pelas paredes para que o contato com o ar seja maior. 

Sendo assim, caso o vinho possua taninos secos, adstringentes e ásperos, eles poderão se tornar mais suaves.

Geralmente, o tempo necessário varia de acordo com o vinho escolhido para degustação, para os vinhos mais jovens, cerca de 1 a 2 horas. Mas lembre-se de observar, porque cada caso é um caso, podendo se estender ou diminuir. 

Decantação de vinhos mais antigos

Geralmente, vinhos envelhecidos costumam ter uma maior quantidade de sedimentos, então, é super importante deixar a garrafa em posição vertical pelo menos um dia antes do consumo, assim esses elementos ficarão repousando no fundo. 

Para que os aromas não evaporem, o processo de decantação deve ser realizado pelo menos meia hora antes de servir, não ultrapassando esse tempo.

É importante ressaltar que a quantidade de minutos e horas de decantação é um assunto bastante discutido entre especialistas, ou seja, as informações podem ser variadas e não existe um consenso em 100%. 

Apenas um entendedor do vinho escolhido poderá determinar o processo exato para uma decantação, do contrário, você deverá observar os resultados de acordo com as suas experiências. 

Um detalhe: o líquido deve ser despejado de uma única vez, com o objetivo de que os depósitos não se movam. Prefira fazer o processo contra luz, para que seja possível visualizar os elementos antes que eles ultrapassem o ombro da garrafa.

Passo a passo simples para decantar e servir o vinho

  1. Antes de decantar o vinho, deixe-o na posição vertical por, pelo menos, 24h. Isso fará com que os sedimentos descansem no fundo da garrafa, facilitando o processo de separação dos resíduos.
  2. Tenha em mente que o decanter escolhido não dificulta a colocação do vinho nas taças, visto que isso será feito diretamente.
  3. Não se esqueça de que é necessário limpar o gargalo antes de derramar o líquido, bem como ele não deverá encostar na boca do decanter.
  4. De preferência, faça o processo contra algum tipo de luz, seja natural ou artificial. Isso permitirá que você possa observar se os sedimentos estão chegando perto do gargalo.
  5. Verta o líquido de forma suave, porém contínua. Vá diminuindo a velocidade conforme o líquido for terminando e fique atento aos sedimentos.
  6. Começou a ver os resquícios desses sedimentos se movimentando? Pare de despejar o vinho para não correr o risco de cair tais materiais no decanter. Inclusive, o vinho pode parecer ter mudado de cor nesse final, o que é mais uma indicação para o fim do processo.
  7. Restou alguma coisa na garrafa? Descarte. Porém deixe a garrafa ao lado do decanter com o vinho a ser servido para análise posterior do rótulo. 

Qual o melhor tipo de decanter?

O melhor tipo vai depender muito do vinho escolhido, pois ele poderá interferir na sua experiência. Logo, se você pensa em adquirir apenas um modelo, escolha o mais tradicional para utilizá-lo em diferentes ocasiões. 

Muitos se perguntam qual a diferença de decanter de cristal e vidro, mas a resposta é bem básica: o material. 

Ambos poderão realizar a mesma função, sendo que o decanter de cristal, obviamente, oferece um visual muito mais sofisticado para decorar o seu espaço e mesa. Além disso, ele precisa de um cuidado maior, visto que o material é bem frágil.

Mesmo existindo decanters de plástico no mercado, não recomendamos esse tipo de produto, já que apenas o vidro e o cristal são capazes de manter a melhor temperatura do vinho, além de assegurar as suas propriedades. 

Como escolher seu decanter? A seguir trouxemos alguns modelos para que a sua degustação seja ainda mais especial.

Decantador para uma oxigenação mínima

Dentre os tipos de decanter, esse possui uma boca estreita, sendo ideal para separar os sedimentos, conforme já citamos anteriormente. É ideal para vinhos mais jovens, brancos e vinhos maduros tintos.

Saiba que eles não são os mais indicados caso você procure por aeração, mas a decantação do vinho ocorrerá de maneira excepcional, uma vez que a boca mais fina auxilia no processo. 

Decantador para uma máxima oxigenação

Esse modelo já possui uma boca larga, sendo projetado para que a aeração do vinho aconteça de forma mais rápida, pois o seu contato com o ar será maior. Ou seja, ele serve tanto para decantar, como para aerar o vinho de uma maneira muito eficiente. 

Costumam servir para a maioria dos vinhos do mercado, inclusive para aqueles que passaram muito tempo na garrafa.

Todo esse processo auxilia na abertura do bouquet do vinho, como dizem os especialistas, fazendo com que sabor e aroma dos vinhos possam ser aproveitados ainda mais durante a degustação.

Agora que você já sabe como escolher um decanter de acordo com os seus objetivos, acesse o nosso site para conhecer todos os modelos disponíveis.